SAMU 192

O que é o SAMU 192?

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 tem como objetivo chegar precocemente à vítima após ter ocorrido alguma situação de urgência ou emergência de natureza clínica, cirúrgica, traumática, obstétrica, pediátrica, psiquiátrica, entre outras, que possa levar a sofrimento, a sequelas ou mesmo a morte.  Trata-se de um serviço pré-hospitalar,  que visa conectar as vítimas aos recursos que elas necessitam e com a maior brevidade possível.

O SAMU 192 é um serviço gratuito, que funciona 24 horas, por meio da prestação de orientações e do envio de veículos (Ambulâncias e Motolâncias) tripulados por equipe capacitada, acessado pelo número "192" e acionado por uma Central de Regulação das Urgências. O SAMU realiza os atendimentos em residências, locais de trabalho e vias públicas e conta com equipes que reúne médicos, enfermeiros e condutores socorristas.

 

Como funciona o SAMU 192?

O atendimento do SAMU 192 começa a partir do chamado telefônico, quando são prestadas orientações sobre as primeiras ações. O serviço pode ser acessado gratuitamente pelo número 192, a partir de qualquer telefone, fixo ou móvel. A ligação é atendida pelo Telefonista Auxiliar de Regulação Médica, que identifica a emergência e coleta as primeiras informações sobre as vítimas e sua localização. Em seguida, as chamadas são remetidas ao Médico Regulador, que presta orientações ás vítimas e aciona as ambulâncias quando necessário.

As Ambulâncias e Motolâncias são distribuídas estrategicamente para melhorar o tempo-resposta entre os chamados da população e o encaminhamento aos serviços hospitalares de referência. A prioridade é possibilitar a cada vítima um atendimento no menor tempo possível, inclusive com o envio de médicos conforme a gravidade do caso.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) tem como finalidade prestar socorro à população em casos de risco à vida. Esse serviço faz atendimento 24 horas por dia e conta com profissionais especializados. Só deve ser acionado em situações críticas. Quando isso acontecer com alguém, disque 192 e um médico fará o atendimento, que poderá ser o envio de uma ambulância ou uma orientação por telefone. É imprescindível estar perto da vítima para responder às perguntas e passar os pontos de referência. Isso ajuda a ambulância a chegar mais rápido, se for o caso.

 

Samu para Todos

A Política Estadual para a Rede de Urgência e Emergência — componente do Serviço Móvel de Urgência, denominado Samu para Todos, foi instituída por meio do Decreto nº 4.548-R, de 16 de dezembro de 2019. A iniciativa do programa tem o objetivo de ampliar o acesso da população ao SAMU 192. Para isso, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), cofinanciará a implantação do serviço em 60%, depois de deduzir o custo com o repasse federal, para os municípios que aderirem à proposta, utilizando a base de cálculo tripartite sobre o teto do valor de referência, per capita/mês.

A contrapartida dos municípios será de 40%, além de disponibilizar a infraestrutura padronizada das bases descentralizadas, que deverão estar estrategicamente localizadas, de forma a contemplar os atendimentos da região. O repasse estadual será concedido em caráter regular e automático, fundo a fundo, desde que seja mantido o serviço nas condições exigidas pelo Ministério da Saúde.

 

Quando acionar o Samu 192

- Parada cardiorrespiratória;

- Dor bem forte no peito (infarto);

- Dificuldade de respirar/engasgo;

- Suspeita de acidente vascular cerebral (derrame);

- Intoxicação (envenenamento);

- Queimadura grave;

- Choque elétrico;

- Acidente de trânsito com vítima;

- Queda grave e fratura;

- Afogamento;

- Surto psiquiátrico;

- Ferimento causado por arma de fogo ou arma branca;

- Trabalho de parto com risco de morte para a mãe ou para o bebê. 

 

Quando devo chamar o SAMU 192

 Você pode e deve solicitar o SAMU na ocorrência de:

  • problemas cardiorrespiratórios
  • intoxicação e envenenamento
  • queimaduras graves
  • maus-tratos
  • trabalho de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto
  • tentativa de suicídio
  • crise de hipertensão e dores no peito de aparecimento súbito
  • acidentes/traumas com vítimas
  • afogamentos
  • choque elétrico
  • acidentes com produtos perigosos
  • suspeita de infarto ou AVC (alteração súbita na fala e perda de força em um lado do corpo são os sintomas mais comuns)
  • agressão por arma de fogo ou arma branca
  • crises convulsivas
  • outras situações consideradas de urgência ou emergência com risco de morte sequela ou sofrimento intenso.

 

*Como devo proceder para chamar o SAMU 192

 - em caso de acidentes:

  • Verifique a quantidade de vítimas e o estado de consciência e se há alguém preso às ferragens
  • Ligue para o 192 e siga as orientações do médico regulador
  • sinalize as vias com galhos de árvores, triângulos de sinalização
  • em acidentes com motos, não toque nas vítimas, não retire o capacete
  • não dê água aos acidentados

- em outros casos:

  • Verifique o estado em que o paciente se encontra
  • Ligue para 192 de qualquer telefone fixo ou móvel
  • passe as informações solicitadas
  • siga as orientações do médico regulador
  • se for o caso, aguarde a chegada do socorro

 Fonte: Ministério da Saúde / Secretaria da Saúde (Sesa) do Espírito Santo

 

Texto extraído de https://saude.es.gov.br/samu-192

Documentos:

Relatório 01  Execução/Atendimentos 2021 e 2022

Relatório 02

 

Boletim Informativo

Receba novidades por e-mail ou siga nossas redes sociais

Fale Conosco

Horário de funcionamento

De segunda à sexta feira das 08h às 17h.

Telefone

(27) 3257-1772 - (27) 3257-1338

Endereço

Rua Martins Pescador, Bairro: Ericina S/N Ibiraçu/ES – 29670-000

Copyright © Consórcio Público da Região Polinorte. Todos os direitos reservados.

Logo da Alphatec

Política de Privacidade

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com as condições contidas nela.